Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Professor norte-americano especialista em intercâmbio educacional visita UFCG
Início do conteúdo da página

Professor norte-americano especialista em intercâmbio educacional visita UFCG

Publicado: Quarta, 15 de Agosto de 2018, 15h11 | Última atualização em Quarta, 15 de Agosto de 2018, 15h11 | Acessos: 315

Na ocasião, foram discutidas ações para política de internacionalização da universidade.

imagem sem descrição.

A Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) recebeu na manhã desta quarta-feira, dia 14, o especialista do programa americano de intercâmbio educacional Fulbright, James Buschman. Recepcionado pelo vice-reitor Camilo Farias, o professor aposentado da Universidade New York veio compartilhar as suas experiências de intercambista e catalogar as ansiedades institucionais para formatação de políticas que capilarizem as ações de internacionalização.

Em reunião com coordenadores de pós-graduação, o professor James Buschman fez reflexões sobre políticas de internacionalização adotadas pelas universidades e provocou um debate sobre iniciativas para a construção de uma universidade internacionalizada, com maior inserção nos programas fomentados pela Capes - focando o olhar na repercussão que a interação internacional gera na formação de recursos humanos e desenvolvimentos das pesquisas científicas. Frisando que a participação nos processos de seleção (editais) gera um pensar diferenciado e sempre resulta em ganhos, mesmo com a não aprovação, disse que a construção da proposta promove uma reflexão apurada sobre a missão da universidade. "Num olhar para fora, olhando para dentro", sintetizou.

A conversa em tom informal, mediada pela coordenadora da pós-graduação em Engenharia Civil, Ianna Alexandra, também discorreu sobre a importância da canalização das ações.

O vice-reitor Camilo Farias traduziu a visita como estimulante e provocativa para uma reflexão do fazer internacionalização, promovendo outros ângulos de observação que, consequentemente, resultarão em ajustes para uma política institucional mais eficiente.

Fulbright

Programa de Intercâmbio Educacional e Cultural do Governo dos Estados Unidos da América foi criado em 1946, por lei do Senador J. William Fulbright, e tem como principal objetivo ampliar o entendimento entre os EUA e outros países.

O programa já concedeu cerca de 400 mil bolsas de estudo, pesquisa e ensino a cidadãos norte-americanos e de outros 150 países. Chegando ao Brasil em 1957, é representado e administrado por uma organização internacional vinculada aos governos dos dois países. Suas bolsas para pós-graduandos, professores e pesquisadores já levaram quatro mil brasileiros para estudar no Estados Unidos e trouxeram mais de três mil norte-americanos.

(Ascom UFCG)

registrado em:
Fim do conteúdo da página